A Obra Lumen de Evangelização identifica-se com alguns santos em especial: nossos baluartes São Francisco, Santo Antônio e São Pio de Pietrelcina. Na busca da Santidade, os membros Lumen espelham-se nesses santos da Igreja que nos foram revelados como verdadeiros portadores da nossa espiritualidade. Nos gestos concretos ao longo de suas vidas e em sua intercessão constante, eles inspiraram a Obra Lumen ao longo de sua caminhada.

São Francisco de Assis | Santo Antônio de Pádua | São Pio de Pietrelcina

São Francisco de Assis | Santo Antônio de Pádua | São Pio de Pietrelcina

 São Francisco de Assis

Em sua opção pelos mais necessitados e sua fraternidade sem distinção de classe social, São Francisco de Assis insipira-nos a ajudar o próximo sem esperar qualquer tipo de recompensa ou reconhecimento. Em sua vida, podemos verdadeiramente reconhecer alguém que foi feliz fazendo o outro feliz.

Outro ponto importante de salientar nessa relação do Pobre de Assis com a Obra Lumen é o seu profundo despojamento e sua imensa confiança no Bom Deus, demonstrados, por exemplo em sua escolha radical pela “Dama Pobreza”.

 Santo Antônio de Pádua

Somos gratos a Deus pela graça de o aniversário da Obra Lumen de Evangelização ser celebrado no mesmo dia dedicado pela Igreja a Santo Antonio de Pádua. Em uma de suas pregações, disse que “é viva a Palavra quando são as obras que falam”. Por isso, como autêntico franciscano, ele tinha um amor incondicional pelos mais pobres.

Também a sabedoria e a humildade de Santo Antonio inspiram-nos a buscar, nas Sagradas Escrituras, os caminhos retos de Deus. Um santo simples, mas muito sábio dos ensinamentos divinos. Um santo dócil, mas muito forte no que falava. Um santo pobre e humilde, mas riquíssimo na graça de Deus.

 São Pio de Pietrelcina

O Amor pela Eucaristia do também frade franciscano São Pio de Pietrelcina move-nos a adorar Jesus Sacramentado em espírito e em verdade. Ele também nos exorta ao amor e à obediência à Santa Igreja Católica, além de uma profunda devoção à Virgem Santíssima, em quem encontramos refúgio e proteção.

Padre Pio, como até hoje é conhecido, é um santo do século XX e por isso nos ensina a viver a vontade de Deus em nosso tempo. Seu bom humor motiva-nos a levar Jesus ao próximo com simplicidade e alegria. Além disso, encontramos nele um bom modelo de equilíbrio, que soube organizar da melhor maneira seus afetos, suas qualidades, seus defeitos e seu tempo para Deus.

São Francisco, Santo Antonio e São Pio, rogai por nós!